Histórico

Como tudo começou...

A Casa de Oração Vó Maria Conga começou com a história de nossa mãe de Santo Luzia e seu marido o Pai Pequeno Alexandre.

Alexandre teve contato com a Umbanda quando criança, pois seu pai, Edson sempre foi médium de Umbanda e realizava trabalhos em sua residência junto com sua mãe, Lúcia, que o cambonava. 

2007 - 2009

Já casados, Alexandre e Luzia começaram a sua caminhada juntos, onde conheceram alguns terreiros e começaram a participar dos trabalhos na assistência e posteriormente em desenvolvimento.  

O primeiro foi um terreio de Umbanda Esotérica, a Ordem Iniciática do Cruzeiro Divino, onde também realizaram seu casamento na Umbanda em 2009.

2010

Em seguida ao mudar de cidade começaram a frequentar um terreiro onde havia uma mistura de Umbanda e Candomblé,  e trouxe novos ensinamentos de ervas, atabaques e pontos para Alexandre e Luzia começou seu desenvolvimento mediunico. Neste terreiro vieram novos conhecimentos, aprendizados e com isso discernimentos.

2013

Ao se desligarem deste terreiro  foram para outro onde Alexandre tocava atabaque e Luzia já com sua mediunidade desenvolvida, prestava atendimentos à consulentes.

A partir deste momento e após algumas mudanças, já começaram a receber da espiritualidade informações sobre a missão de montar uma nova casa.

2016 - 2017

Os acontecimentos foram direcionados a começaram a desenvolver trabalhos em sua residência reunindo inicialmente a família e posteriormente  algumas pessoas amigas também. 

Nasce a Casa de Oração...

Vó Maria Conga veio em 2018, através da mediunidade de Luzia e disse que ali nascia a Casa da Vó Maria Conga e ela seria a dirigente espiritual.
Desta forma ocorreu o nascimento da Casa de Oração Vó Maria Conga e só foi crescendo, com a chegada de mais e mais pessoas para fazer parte da corrente e também consulentes. 

 

2020

Em 2020 Este local começou a ficar apertado para tantas pessoas, e desta forma foi designado pela espiritualidade a utilização de um barracão. 

Desta forma a Casa de Oração Vó Maria Conga passou a funcionar nesta atual localização.

Nossa Casa...

Este terreiro é de todos nós, nossa casa onde cada um exerce sua função designada pela espiritualidade e todos com sua real importância, pois cada um representa um tijolo que foi sendo colocado e cimentado, formando essa grande família, com uma corrente forte, coesa, bonita e unida.

Vamos continuar unidos, realizando cada vez mais trabalhos de caridade e montagem de cestas básicas, conforme orientações de nosso Preto Velho Pai João. Realizando a canjica de Oxalá, que une os elos desta corrente e somente cria laços de amor.

Desta forma hoje com todo respeito junto com o nascimento da Casa de Oração Vó Maria Conga também nasceram o Pai Pequeno Alexandre e a Mãe de Santo Luzia!